Vamos conversar pelo WhatsApp agora

15/08/19
Como o biomagnetismo ajuda no tratamento da fibromialgia

A fibromialgia foi reconhecida como doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1992. Atualmente, a fibromialgia afeta 4% da população, sendo que deste total quase 90% são mulheres.

Existe uma limitação da medicina convencional ao se tratar da fibromialgia.

A fibromialgia foi reconhecida como doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1992. Atualmente, a fibromialgia afeta 4% da população, sendo que deste total quase 90% são mulheres.

É conhecida como a “doença invisível” porque afeta todas as partes macias do aparelho locomotor e não pode ser diagnosticada facilmente através de exames médicos.

A fibromialgia não se vê, não deixa marcas na pele nem provoca feridas que outros possam ver. É uma dor solitária, desesperadora.

Sofrer de fibromialgia é algo muito duro: a pessoa sente dores, não sabe como vai acordar , se vai conseguir se mexer, se conseguirá realizar suas atividades… O fato é que as dores são reais, a pessoa sofre com uma doença crônica.

Atualmente, pela medicina tradicional, ainda se desconhece a etiologia desta doença, mas sabe-se que ano após ano são mais pessoas diagnosticadas.

E como o biomagnetismo pode ajudar no tratamento deste mal do século?
O que Dr Goiz fala sobre a fibromialgia?
Segundo o pai do Biomagnetismo a origem da fibromialgia é um vírus Plasmodium Vivax.
O tratamento com Biomagnetismo é capaz de aliviar profundamente os sintomas dolorosos dessa doença, bem como os psicoemocionais envolvidos.

Ao aplicar ímãs com uma intensidade mínima de 1000 Gauss em diferentes partes do corpo onde é detectada a patologia, vai restabelecer o equilíbrio biomagnético alterado do PH da célula, regularizando e eliminando a doença com resultados extraordinários.

Faz-se em torno de 08 sessões, com duração de 01 hora em média. O resultado do tratamento depende da idade da pessoa, do tempo que está doente e do seu sistema imunológico. Os tratamentos de Biomagnetismo ajuda a fortalecê-lo!

Rua Dona Balbina 230, Sala 43, Porto Ferreira SP • (19) 98124.9837 • aribeiro1965@uol.com.br